Seja bem vindo ao Fome Cultural...

Lembrando a todas as pessoas que se interessarem por algum evento ou atividade postadas aqui, devem encaminhar email ou fazer contato para os endereços indicados na postagem a que se interessaram. Nós do Fome Cultural, apenas repassamos as informações. Boa Sorte!



28 de mar de 2009

Cinema a preço popular no RJ: Mostra Stan Brakhage – A aventura da percepção.

A Mostra faz uma retrospectiva da obra de um dos maiores e mais influentes cineastas de todos os tempos.

A Caixa Cultural Rio recebe, de 7 a 12 de abril, uma mostra dedicada a um dos gigantes do cinema mundial. Com curadoria de Fred Camper, Stan Brakhage – A aventura da percepção reúne 28 filmes, uma amostra significativa da obra de um dos mais influentes cineastas de todos tempos, divididos em seis programas temáticos. Camper estará no Brasil para apresentar os filmes da mostra, incluindo o lendário longa-metragem Dog Star Man.

Se por um lado podemos dizer que Maya Deren inventou o cinema experimental americano, por outro pode-se dizer que Stan Brakhage explorou todo o seu potencial. Sua obra, construída ao longo de mais de cinco décadas, é um compêndio dos principais temas, objetos, técnicas e invenções formais de todo o cinema de "avant-garde" dos Estados Unidos.

Nascido em 1933, Brakhage realizou seu primeiro filme aos dezenove anos. Até a data de sua morte, em março de 2003, estima-se que ele tenha realizado algo em torno de 400 filmes, cuja duração varia entre nove segundos e quatro horas e meia. Alguns são completamente abstratos; outros se utilizam de imagens documentais de modo a articulá-las de maneira associativa ou se assemelham a documentários de observação mais convencionais, embora uma análise mais atenta evidencie diferentes níveis de investigação formal.

Brakhage contribuiu também para o desenvolvimento do cinema direto. Além de ser um dos pioneiros na técnica de pintar e desenhar diretamente sobre a película, ele utilizou diversas outras práticas, tais como arranhar a película ou aplicar diretamente nela diferentes materiais para depois filmá-las, editá-las ou exibi-las.

O cineasta descreveu sua obra como uma exploração do `nascimento, do sexo, da morte, e da busca de Deus' e desafiou todos os tabus, apontando sua câmera para o ato sexual, partos e autópsias. "Não se trata de uma beleza estática", afirma o crítico Fred Camper, curador do evento, "mas de uma espécie de beleza que limpa os sentidos, que parece atravessar a córnea e ir diretamente ao nervo ótico, que reorienta a maneira de se ver. Seus filmes servem de treinamento para o olhar, tanto para ver outros filmes quanto como uma abertura para modos imaginativos de se ver o mundo".

As incontáveis inovações técnicas e estéticas de Stan Brakhage constituem um marco das relações entre cinema e artes plásticas. Sua influência atravessa gerações inteiras de realizadores dedicados ao cinema experimental, se estendendo também aos filmes de todos os gêneros: ficção, documentário, publicidade, animação e vídeos musicais. Todos os seus filmes estão atualmente sendo preservados pelo MoMA, de Nova York e pela Academy of Motion Picture Arts and Science.

A mostra Stan Brakhage – A aventura da percepção foi aprovada pelo edital 2008 de ocupação dos espaços da CAIXA Cultural.

Serviço:
Cinema: Mostra Stan Brakhage – A aventura da percepção
Data: 07 a 12 de abril de 2009, de terça a domingo
Local: CAIXA Cultural RJ – Cinemas 1 e 2
End: Av. Almirante Barroso, 25 – Centro
Telefone: (21) 2544-4080
Horário das sessões: 17h30 e 19h30
Ingresso para os filmes: R$ 4,00 (inteira), R$ 2,00 (meia) e R$ 10,00 (passaporte para 08 sessões). Toda a renda arrecadada com os ingressos será destinada ao projeto FOME ZERO
Capacidade: 85 lugares . Classificação: 16 anos . Acesso para portadores de necessidades especiais. Acesse a programação da CAIXA Cultural: www.caixa.gov. br/caixacultural

Assessoria de Imprensa
Caixa Econômica Federal
CAIXA Cultural - Rio de Janeiro/RJ
Cels: (21) 8215 0900//7892 1433
www.caixa.gov. br/caixacultural

Nenhum comentário:

Postar um comentário