Seja bem vindo ao Fome Cultural...

Lembrando a todas as pessoas que se interessarem por algum evento ou atividade postadas aqui, devem encaminhar email ou fazer contato para os endereços indicados na postagem a que se interessaram. Nós do Fome Cultural, apenas repassamos as informações. Boa Sorte!



25 de mar de 2009

Comemoração do Dia Mundial do Teatro e Circo em Vila velha...

A Companhia Folgazões e o ator, palhaço e escritor Marcio Libar se juntam para fazer esta bela homenagem ao nosso teatro e aos palhaços, que também são homenageados neste dia.

Tudo vai começar com uma palestra de Marcio Libar, as 17:00, no interior do Teatro, as 18:30 A Companhia Folgazões apresenta o espetáculo “Cantante e Brincantes”, as 19:30 Marcio Libar apresenta seu trabalho “O Pregoeiro” e mais tarde lança o livro “A Nobre Arte do Palhaço”.

Abaixo uma descrição dos trabalhos:

CANTANTES E BRINCANTES”

DESCRIÇÃO

O espetáculo é um brinde à riqueza e diversidade das manifestações artísticas populares brasileiras. Em aproximadamente 50 minutos, ao som de ritmos diversos como jongo, o samba e o forró, desfilam personagens clássicos do imaginário como Nega Maluca, o João BananeiraBoneco Gigante, convidando a todos para a cantoria e a brincadeira!

“O Pregoeiro”

DESCRIÇÃO

Espetáculo no estilo “one man show” que se resume no tripé ator, palco e platéia. Basicamente usando seu carisma e a fala solta de um experiente artista de rua, Marcio conta de forma documental em primeira pessoa a sua busca pelo reconhecimento da mídia e da crítica especializada e pelo amor de seu público. Ele confessa que sempre sonhou em ser “famoso”, acreditou que seria um ídolo pop da black music, um pop star, mas quis o destino que ele acabasse no teatro e acabou se conformando em ser pobrestar mesmo.

A partir desse argumento, o nosso aspirante a ídolo tenta realizar números de habilidades, mas que só acabam revelando sua mediocridade artística. Ele faz várias tentativas frustradas para receber o amor de seu público, mas só quando entra em contato com o palhaço e o compreende como “O perdedor” é que encontra um sentido. É naquele lugar de perdedor que ele realmente se encontra e se reconhece. A partir desse ponto, Marcio vai se despindo da imagem MTV que construiu e gradativamente vai se transformando no seu palhaço Cuti-Cuti, enquanto fala sobre perdas, amor e morte. “Não levem a vida a sério, porque vocês não vão sair vivos dela!”

É o que o palhaço quer dizer no final.


A entrada será franca, tanto para a palestra como para os espetáculos, e a censura é de 14 anos.

Serviço: Teatro Municipal de Vila velha - à partir das 17h. Praça Duque de Caxias - Centro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário